Categoria: CFTV

CFTV

CFTV: Tudo o que é preciso saber

Agora é possível através de smartphones, ter acesso às câmeras de segurança da sua casa ou empresa. Basta apenas ter acesso à internet.

Conheça o CFTV, a tecnologia que revoluciona o monitoramento de segurança.

CFTV, o que é?

Circuito Fechado de Televisão ou CFTV, é um sistema de segurança feito por câmeras que transmitem imagens em tempo real, enviadas diretamente para um gravador de vídeo ou central de monitoramento.

Levando em consideração o grande aumento de roubos e violências, a tecnologia CFTV cresceu de considerável, principalmente em casas, lojas, prédios, supermercados, praças, empresas e avenidas.

O grande fator do sistema, é saber exatamente quais são os pontos estratégicos, sendo eles onde existe uma grande circulação de pessoas ou até mesmo em lugares que possam gerar perdas, como nos corredores dos supermercados.

É viável para pontos que tenha uma maior vulnerabilidade, como os estacionamentos, que são propícios para atos ilícitos.

Como funciona?

O sistema funciona de maneira simples. Todas as imagens capturadas pelas câmeras de segurança, são transmitidas para um ou mais monitores.

A recepção é feita por placas DVR ou Stand Alone, o que possibilita a exibição ou a gravação, levando em conta a configuração escolhida no momento de instalação.

Existem modelos de câmeras fixas e móveis, que apresentam diversas variações: IR, CCD e CMO, MP e IP.

O funcionamento do CFTV somente será eficaz através da instalação de uma fonte de alimentação, que tenha um dimensionamento e qualidade, ambos adequados com o objetivo de garantir uma boa capacidade de sinal.

Com o avanço das tecnologias, as imagens coletadas também podem ser transmitidas para smartphones ou tablets.

O sistema funciona da mesma forma, onde as câmeras são integradas a gravadores de vídeo e tudo é realizado em tempo real, em alta resolução, dependendo do modelo.

Ou seja, o vídeo-monitoramento atribui as imagens para monitores e/ou celulares, sendo uma base indispensável não somente para a inibição de crimes, mas também como auxílio em casos investigativos.

Quais os principais tipos de CFTV?

Analógico: Nesse tipo de sistema, as ligações das câmeras conectadas aos dispositivos, são feitas por cabos coaxiais, os mesmos são responsáveis pelo sinal, fazendo o envio das imagens para os gravadores e em seguida, para os monitores.

IP: Esse tipo oferece um conjunto grande de possibilidades, ou seja, disponibiliza imagens em HD e ocorre a transmissão dos dados de voz e vídeo, simultaneamente.

Os dois modelos são os mais utilizados no mercado, em razão do custo-benefício e pelas experiências de monitoramento, tanto na segurança de patrimônios quanto residenciais.

Outra vantagem segura e convincente é que tudo pode ser acessado através de aparelhos móveis, como celulares, monitores HD, Full HD ou 4K.

Na hora da compra, é imprescindível a atenção ao escolher um determinado modelo para o gerenciamento das câmeras, que podem ser:

DVR: menor custo-benefício, com imagens e qualidades razoáveis.

É um modelo muito utilizado e oferece várias funcionalidades:

  • monitoramento em tempo real;
  • backup dos arquivos em Hds externos ou em nuvem;
  • visualização do sistema de CFTV através de smartphones ou telas;

OBS: O limite de gravações dos DVRs é de 960 linhas de resolução. Esse sistema, possui um ponto negativo: faz apenas o armazenamento de imagens analógicas.

A resolução é considerada de nível médio e o aparelho somente é indicado para quem não possui muitos recursos para investir em segurança.

NVR: Full HD, com imagens excelentes.

Permite a integração entre todas as câmeras em um mesmo aparelho. A única diferença, é a sua adequação, que apenas à tecnologia IP.

Ou seja, as câmeras são ligadas sem o uso de cabos e pela rede Wireless.

Porém, sua desvantagem é o custo. Em geral, o aparelho em si é muito mais custoso que o DVR, os cabos se fazem desnecessários, neste aspecto, há uma redução expressiva em relação aos custos.

HVR: Híbrido e funciona para câmeras tanto analógicas quanto IP.

É a união das duas tecnologias citadas anteriormente. Ela admite as câmeras analógicas e IP. Alguns modelos suportam até AHD, que possuem alta definição.

É indicado para quem quer continuar usando câmeras antigas, mas que deseja acrescentar outras tecnologias ainda mais modernas.

A desvantagem é a vulnerabilidade que a inclusão das câmeras pode trazer. Isso ocorrerá por meio do comprometimento da visualização das imagens em casos onde é preciso identificar o rosto de uma pessoa, por exemplo.

Implantação do CFTV

Ao implantar um Circuito Fechado de TV, a Empresa de CFTV a princípio fará uma necessária análise com um foco na demanda, ou seja, é preciso realizar um estudo de caso.

É importante que haja uma comunicação eficiente entre você e o Técnico em CFTV da contratada, isso devido ao fato de que cada projeto possui especificidades distintas e específicas, como o acesso ao monitoramento, proteção de ativos, controle do ambiente.

Uma orientação importante é fazer ao profissional em cftv, questões relacionadas a decisão de escolha dos locais em que as câmeras serão instaladas.

A maneira cautelosa de todos os detalhes pode interferir e fazer a diferença no monitoramento.

Além do ponto de vista operacional, a Instalação de Circuito CFTV requer uma infraestrutura de rede adequada ao sistema, para que o mesmo funcione sem interferências.

Além de tudo, a qualidade do sinal necessita de internet e integração entre todos os equipamentos.

  • Benefícios proporcionados
  • Prevenção de ações de criminosos, em consequência, de roubos
  • Redução de economia de energia elétrica

Segurança (monitoramento durante 24 horas por dia, com imagens gravadas e/ou transmitidas, apenas.

Como conectar o CFTV ao meu smartphone

Usando atalhos e protocolos simples, você pode fazer com que o DVR seja transmitido diretamente para o seu Wi-Fi e a partir disso, acessar as informações das câmeras de segurança em seu dispositivo móvel.

Em todo caso, é melhor trabalhar com especialistas que podem configurar os sistemas de CFTV por meio de um dispositivo inteligente e fornecer um aplicativo onde você poderá acessar as câmeras a qualquer momento.

Principais aplicativos de DVR no celular (Android)

  • Isic – Intelbras
  • Infinity DVR – HIKVISION
  • MonitorBee
  • IP Cam Viewer
  • Ivms 5060 – HIKVISION HQ